Dicas para tornar seus conteúdos virais

conteúdos virais

Fazer conteúdos virais pode ser trabalhoso. Por isso, é importante saber como utilizar essa estratégia de marketing a seu favor para conseguir resultados expressivos em suas aplicações em empresas de calibração, por exemplo, otimizando toda a publicidade.

Atualmente, qualquer pessoa que utiliza redes sociais já viu o fenômeno da viralização em algum momento. Todos os dias, diversos formatos de mídia ganham essa popularização relâmpago, desde imagens e textos e até mesmo vídeos.

Entretanto, ao aplicar o marketing adequadamente, você pode fazer com que o conteúdo sendo espalhado seja uma peça publicitária, que ajude a divulgar sua marca de maneira muito mais expressiva dentro destas plataformas.

Esse formato de ação deixa muitas empresas ansiosas para conseguir conquistar resultados, mas a verdade é que existem muitas maneiras de a viralização acontecer, e nem sempre as pessoas entendem o potencial que estão lidando dentro desse tipo de ação.

Não existe uma fórmula precisa que possa ser realizada para que um material de sua empresa de automação industrial, por exemplo, viralize. Isso porque ele depende de cair no gosto popular para começar a se espalhar.

Quando um usuário acha um conteúdo interessante, é comum que ele use a ferramenta da rede social para compartilhar. Então, seus amigos e familiares podem fazer a mesma coisa, expandindo progressivamente o alcance do material. Assim nascem os conteúdos virais.

Entenda mais sobre o que são conteúdos virais

O termo viralizar é cunhado pela similaridade com a qual esse processo age, como uma doença causada por um vírus, que se espalha rapidamente pelo corpo. Parte importante do efeito viral é justamente a velocidade com a qual esse engajamento acontece.

Alguns formatos, entretanto, são mais populares entre o público e podem garantir resultados muito mais expressivos para qualquer companhia, como material de humor, conhecido popularmente como meme.

Um meme é um conteúdo digital feito para se espalhar, e em muitos casos, é utilizado com músicas e com conteúdo engraçado que chama a atenção do público de sua empresa de filtros industriais e faz com que estas pessoas sintam vontade de compartilhar a experiência.

O marketing viral entende essa movimentação do mercado, e busca maneiras de vincular a publicidade da empresa a esse tipo de ação, conseguindo uma estrutura adequada para aumentar seu engajamento.

É preciso ter cuidado quando estiver trabalhando com esse tipo de situação, em grande parte por conta das métricas de vaidade. Estas costumam ser as primeiras a subir em conteúdos virais, como é o caso de curtidas e seguidores.

Embora estas métricas possam representar avanços na comunicação com seus clientes, a verdade é que elas têm pouca ou nenhuma importância para a manutenção de sua distribuidora de rolamentos, e não devem ser levadas em conta como o sucesso de uma operação de marketing.

A ideia de conseguir um alcance maior que o comum com conteúdos virais é para atrair novos consumidores, e potencialmente aproveitar oportunidades de negócios. As métricas de vaidade nesse caso passam apenas uma falsa expectativa para o gestor.

Durante todo o tempo que uma campanha estiver viralizando, é importante manter os olhos na movimentação do mercado para com a empresa. É preciso identificar mais do que as visualizações em uma determinada página ou site, e sim quais são os resultados positivos para conteúdos virais.

Uma empresa precisa vender, e a melhor maneira de fazer isso é conseguindo encantar novos clientes. Essas pessoas que chegam até a empresa de metrologia pelo material viralizado podem estar mais abertas para conhecer as possibilidades.

Assim, você começa a criar uma base mais firme de leads, que trabalharão para conseguir resultados satisfatórios dentro de sua companhia. Quanto mais o conteúdo da marca for aproveitado, mais opções você terá para lidar com esse tipo de ação de promover conteúdos virais.

Como fazer conteúdos virais?

Embora não exista uma forma específica de conseguir viralizar uma publicação em particular, algumas atividades podem ajudar nesse processo, principalmente quando você utiliza essa ferramenta para conseguir trabalhar seu marketing.

Entretanto, é preciso ter em mente que cada companhia é única, e nem sempre duas empresas terão o mesmo resultado com uma ação em particular de viralização, ainda que estejam trabalhando no mesmo segmento.

Por isso, é importante que você consiga adaptar estes elementos a sua realidade, produzindo assim um material que esteja de acordo com a empresa de conservação e limpeza e com o que ela representa, mas mantendo a possibilidade de viralizar o material.

Entre os temas que mais viralizam na web, estão os seguintes:

Questões sociais

O ser humano gosta de se sentir fazendo parte de algo, e o marketing já entende esse conceito há muito tempo. Por conta disso, é preciso que seu público-alvo consiga identificar valores positivos em suas publicações para decidirem compartilhar.

Quando você atrelar sua imagem a uma questão social em particular, é possível conquistar a viralização, pois as pessoas entenderão que seu objetivo vai além da simples publicidade, abrangendo questões mais importantes e sérias.

Tornar um produto de alguma forma relacionável com o público é muito interessante, e faz com que a empresa se torne mais do que simplesmente uma companhia no mercado. Essa proximidade ajuda a compartilhar seu material para grupos cada vez maiores e torna seus conteúdos virais.

Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais estão presentes em todas as pessoas, e são constantemente ativados por uma série de fatores. Itens que vão desde escolhas básicas do dia a dia até encontrar uma publicação divertida mexem com esse tipo de gatilho.

Por conta disso, é importante que conteúdos virais sejam interessantes para um grupo de pessoas. Se você publicar algo que alguém gosta, essa pessoa irá compartilhar a publicação de sua empresa de cracha. Logo, você terá um grupo de pessoas fazendo isso.

Associar o seu material à vida das pessoas é uma excelente maneira de ativar estes gatilhos e criar o desejo de compartilhamento em um usuário, que irá refletir sobre como a situação é similar à sua realidade.

Emoções

As pessoas compartilham boa parte do conteúdo que as fazem sentir alguma coisa nas redes sociais, tanto para bem quanto para mal. Além de compartilhar conteúdos que julgam ser úteis, é muito comum que o público compartilhe esse tipo de material e ajude-o a se tornar viral.

Criar um vínculo emocional, entretanto, pode ser mais trabalhoso do que parece. É preciso saber trabalhar com estes elementos e entender o quanto as emoções de uma pessoa podem impacta-lá, antes de ela efetivamente começar a compartilhar material.

Normalmente, uma empresa busca sensações alegres para seu compartilhamento, uma vez que isso faz com que as pessoas que recebem o conteúdo compartilhado se sintam melhores e continuem a rede de espalhar o material.

Entretanto, algumas empresas optam por emoções negativas, como o sentimento de revolta. É preciso tomar cuidado com este conteúdo para que você o direcione corretamente, e consiga viralizá-lo para alertar um público maior e levar conscientização.

Emoções negativas podem ser facilmente vinculadas à própria empresa, e por isso é preciso saber muito bem como usar esse tipo de ferramenta a seu favor.

Público

As pessoas costumam seguir um padrão social muito forte. Isso significa que quanto mais seu material for compartilhado, maior a chance de iniciar uma viralização. Em um grupo de pessoas que se conhecem, seguir um comportamento pode ser um processo de aceitação.

Então nenhuma pessoa do grupo quer ser deixada de fora. Um compartilhamento de uma determinada publicação de seu fabricante de painéis elétricos pode viralizar nesse sentido.

Quando uma pessoa do grupo divide em suas redes sociais um material de sua empresa, os outros membros próximos desse grupo farão a mesma coisa em busca de validação social, o que se repete em outros grupos maiores até atingir seu objetivo final.

Valor real

Ainda que se trate de uma peça publicitária, isso não quer dizer que sua publicação não deva ter utilidade para o público. Você deve prestar atenção a esse tipo de conteúdo para conseguir uma chance maior de viralização. Dentre os exemplos, é possível citar:

  • Tutoriais;
  • Guias;
  • Passo a passo;
  • Receitas.

Todo esse tipo de conteúdo tem uma razão para existir, independentemente da viralização, mas acaba se beneficiando desse tipo de atividade, garantindo uma estrutura de divulgação muito melhor para sua companhia.

Considerações finais

O marketing digital é uma maneira de conquistar um espaço muito relevante no mercado, e a viralização de conteúdos é uma forte aliada desse processo. Por isso, saber como publicar material relevante nas redes sociais é muito importante.

Quanto mais você consegue lidar com esse tipo de ação, maiores são as chances de viralizar seu conteúdo e se tornar uma empresa com destaque muito maior entre seu público-alvo, conseguindo conquistar um espaço importante na internet.

Empresas que sabem trabalhar a viralização de conteúdo acabam se tornando um grande destaque no ambiente em que estão trabalhando, garantindo novas estruturas de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

FALTA POUCO PARA VOCÊ
ESCALAR AS VENDAS DA SUA EMPRESA...

Preencha corretamente TODOS os campos abaixo, para que possamos realizar um DIAGNÓSTICO e te enviar uma PROPOSTA personalizada.

Após o envio, você será direcionado para agendar uma call para apresentação da proposta e estudo que vamos elaborar…